Julho 2018

Cobogó: Um aliado na decoração e iluminação.

Tipicamente brasileiro, o cobogó se popularizou na década de 1950, mas surgiu no Recife lá para o fim da década de 1920. O nome curioso é atribuído às primeiras sílabas dos sobrenomes dos criadores desse elemento vazado tão popular nas casas brasileiras. Amadeu Coimbra (co), Ernest Boeckman (bo) e Antonio de Góis (gó) eram engenheiros pernambucanos e projetaram um tipo de tijolo vazado, ideal para cobrir fachadas ou separar ambientes, mas deixando passar o ar.

Passagem de ar entre ambientes (Imagem da internet).

Hoje, os blocos vazados ganharam muitas formas e são fabricados em diversos materiais, como cimento – o mais tradicional – cerâmica, mármore, madeira, MDF e até mesmo vidro. Também deixaram de ser somente funcionais e podem ser considerados elementos decorativos.

Divisão de ambientes de forma elegante (Imagem da internet).

O cobogó se torna interessante porque permite que a luminosidade transpasse pelos ambientes da casa e, além disso, seus desenhos permitem que a luz do sol quando incidindo diretamente, crie desenhos e padrões nas paredes e no chão, um efeito diferente e muito bonito.

Rústico, feito em argila também tem seu destaque (imagem da internet).

Onde usar Cobogó

Como dito anteriormente, o cobogó é comumente usado em fachadas e áreas externas, porém, hoje, se tornou um elemento decorativo e você pode usá-lo em praticamente qualquer ambiente da sua casa.

Os cobogós são capazes de deixar o quarto mais interessante, a sala mais criativa e a cozinha mais iluminada quando aproveita a luminosidade externa.

Tramado em MDF, com pintura em Lacca (Imagem da internet).

Se você não tem hall de entrada em casa, mas gostaria de criar um, uma parede de cobogós pode ser uma solução simples para criar esse pequeno ambiente, apresentando um ar de mistério para os convidados e separando a porta da sala de estar.
Outro lugar em que você pode usar o cobogó de forma original: Corredores da casa; normalmente lugares monótonos e sem graça, com a cor e a aparência não usual das peças vazadas, vai se tornar uma área aconchegante e criativa.

Painel em área de passagem cortes em CNC (imagem da internet).

Você também pode optar por usar cobogó na fachada da sua casa e deixá-la mais interessante.
Existem diversos modelos de cobogós: os clássicos, que dão um ar retrô aos ambientes, até os mais inovadores, que contam com desenhos mais retos e contemporâneos.

Design clássico para a sala (imagem da internet).
Compartilhe nas redes sociais: